O difícil se torna fácil quando colocamos ele na prioridade.

Todo mundo já passou por algum momento na vida que pensou: ‘ah, isso é muito complicado, não vou conseguir, não é pra mim’.

Será mesmo?

Temos o hábito de olhar para o outro, nos comparar e achar que nunca seremos tão bons ou tão felizes quanto ele. Mas se todos somos feitos da mesma matéria, o que diferencia os ‘vencedores’ dos ‘perdedores’?

Na verdade, todos temos uma área da vida em que somos vencedores. Tudo depende do empenho que você dedica à esta determinada área. Ou seja, todos podemos fazer o que qualquer ser humano faz, mas precisamos estar dispostos a fazer o que precisa ser feito para conseguir isso.

No passado, quando pensava em correr, já me dava falta de ar. Nem começava no primeiro metro e já desistia, cansava, nem continuava. Achava difícil demais, exaustivo demais… Mas porque eu não tinha um motivo para fazer aquilo. Estava satisfeita com meu corpo, minha vida, tudo ok. Mas um dia senti que eu precisava conquistar esse passo, não estava mais feliz com meu corpo e nem com a minha vida, precisava de algo para relaxar a mente. Foi a partir daí que eu me determinei a começar a treinar corrida, coloquei isso como uma prioridade na vida… fui lá e fiz!

Claro que estou falando de atividades normais, não de super atletas. Mas se uma pessoa (e não apenas uma, na verdade…) consegue correr 42km, por que eu não consigo? Simples, porque não coloquei o treinamento para fazer uma maratona como prioridade da minha vida hoje. Sei que preciso abrir mão de diversas coisas para finalizar uma prova como estas, e hoje, não estou disposta a isso.

Quando vejo uma prova de maratona, fico impressionada com a quantidade de gente correndo e, sempre pensei que nunca conseguiria fazer. Mas a verdade é que sou capaz como qualquer uma daquelas pessoas.

Imagine você agora, olhando para uma pessoa que admira… com certeza pensará que nunca poderá ser como ela. Mas o que te diferencia deste outro ser humano? Eu diria apenas que prioridade.

Comparações nunca são saudáveis, mas a modelagem é. Isso significa que não posso olhar para o outro com inveja, mas sim com admiração a ponto de tentar entender o caminho que a pessoa percorreu para conquistar o que se conquistou. E por isso devemos modelar e não se comparar. Cada um tem uma história e um momento de vida próprios, cada um fez suas escolhas no passado, cada um tem uma meta a ser atingida. Ninguém é igual a ninguém em termos de vida, mas em termos de capacidade sim, somos todos iguais.

O que quero deixar aqui hoje é que você não se compare ao outro colocando-o num pedestal, mas sim que entenda que como ele, você também é capaz de conquistar tudo aquilo que deseja, desde que coloque empenho e dedicação.

O difícil se torna fácil quando temos nosso motivo para seguir, colocamos a meta como prioridade e seguimos até conseguir. É isso que nos torna imbatíveis.

Acredite em você! Se uma pessoa consegue, você tem as mesmas capacidades de conseguir!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s