Nossa vida é mesmo um filme de comédia romântica?

Esta semana terminei de assistir mais uma série e, diferente das outras, escolhi assistir uma comédia romântica bobinha para desanuviar. Mas como sempre, a mente ficou flutuando sobre a vida e algumas fichas caíram até mesmo nesse momento de lazer…

Este tipo de série ou filme, sempre (ou quase sempre) acaba em final feliz e aí que vieram as fichas! Claro que, tomadas as devidas proporções, principalmente de tempo, nossa vida é como um filme de comédia romântica, com um toque de drama intelectual e terror, mas no fim, tudo acaba em final feliz.

Lembra quando estava na escola e sonhava em ter uma família linda de propaganda de margarina? Pois eu lembro… E minha vida passou bem longe disso (pelo menos por enquanto), mas não posso me queixar. Hoje olho para trás, percebo quantas coisas eu vivi e tenho certeza que estou no lugar certo, na hora certa. Nada na vida é um problema infinito… Mas claro, que é preciso mudar o olhar para enxergar além das dores.

Quando temos vontade de crescer e evoluir, passamos a encontrar oportunidades nas adversidades, fazemos dos problemas aprendizados adquiridos e das dores impulsos para crescer. Simplesmente, mudando o foco.

Sabe a história do copo meio cheio? É isso!! Olhar com outro viés faz uma luz se acender na nossa cabeça, como aquelas lâmpadas de desenho animado.

Não estou dizendo que é fácil, mas é possível!!

Se colocarmos tudo isso em termos práticos sobre ‘dieta’ (não gosto de usar esse termo porque acho que está banalizado, mas vamos lá!), podemos enxergá-la como um sacrifício, em que temos que abrir mão de tudo que nos traz prazer. Mas quando mudamos o viés, a ‘dieta’ é o caminho para o corpo que desejamos, para a longevidade, para a disposição, para a energia, para a vitalidade, etc…

Entende como fica mais leve? É como olhar o copo meio cheio, em meio a muitos contratempos.

Saber que esse período de ‘sacrifícios’ é uma fase e que ao final do processo estará onde quer estar é o que faz valer a pena.

Quantas vezes você passou por algo ruim que achou que fosse durar para sempre? Quantos momentos aguentou, esperando por um bom resultado? Quantos trabalhos fez até tarde, para ser reconhecido?

Não há bônus sem ônus pessoal! Mas quando temos um objetivo forte e nos conectamos com ele, fica muito mais fácil ter um foco e a disciplina tão almejada.

O segredo é abrir mão de recompensas imediatas, esperando as recompensas futuras, curtir a jornada e saber que deu o seu melhor para ser quem você quer ser! Saber que lá na frente tem uma vida linda e que tudo vai dar certo, é o segredo para passar pelos momentos mais desafiadores da vida.

Acredite em você e siga, haja o que houver!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s